Destaque do Destino: Milos

Se ama paisagens espantosas, vilas de pesca vibrantes e praias deslumbrantes com águas  azuis cativantes, a ilha única de Milos irá tirar-lhe o fôlego.

PARTILHE:


Embora seja uma ilha grega natural e impressionante, Milos continua a não ser tão conhecida em comparação aos destinos mais populares, como Crete, Mykonos e Santorini. Mas o facto de Milos ser menos conhecida do que as outras ilhas torna-a a mais mágica para visitar e explorar. Com todos os elementos para um refúgio sem multidões de pessoas, esta ilha encantadora nos Cíclades é um pequeno paraíso e realmente acreditamos que é um local que todos devem visitar uma vez na vida.

 

Com mais de 70 praias espalhadas pela ilha, Milos é perfeita para amantes de praia que procuram covas isoladas e costas sossegadas ou aventuras estimulantes de desportos aquáticos. Como uma enorme erupção formatou a paisagem há milhões de anos atrás, as praias são extraordinariamente e realmente impressionantes, e Milos até tem algumas praias que são completamente isoladas. A ilha mais fotografada é Sarakiniko devido ao seu cenário quase lunar, às formações rochosas surreais, à areia branca e suave e às águas azuis cristalinas envolventes. Também existem outras praias da ilha que merecem ser destacadas, incluindo Kleftiko, Paleochori e Gerondas para nomear algumas. Milos é, contudo, mais do que uma ilha com praias fora deste mundo.

Milos tem um castelo veneziano chamado Kastro, que está localizado no ponto mais alto da cidade principal de Plaka e está agora essencialmente em ruínas. O castelo remonta ao século XIII e tem uma vista da ilha inteira, tornando-o o local ideal para desfrutar da panorâmica espetacular da ilha e das vistas para o mar. Na caminhada até às ruínas do castelo encontra-se a Panagia Thalassitra, uma bela igreja que também oferece vistas de tirar o fôlego do Egeu.

A capital de Plaka foi contruída numa encosta e é repleta de belas ruas que parecem labirintos, caminhos pitorescos, lojas adoráveis, casas branqueadas e tabernas tradicionais. Plaka é a casa da Panagia Korfiatissa, uma igreja impressionante que foi construída em 1810 e é dedicada à Virgem Maria. Ao lado da Korfiatissa está uma mansão do século XIX que abriga o Museu do Folclore e História de Milos, com exibições interessantes que demonstram a vida quotidiana da ilha desde 1850 até 1930. Outro local de interesse único em Plaka é o Museu da Areia onde os turistas vão para admirar a arte de areia, esculturas de areia e amostras de areia de Milos e de todo o mundo. E na parte inferior de Plaka, existe o Museu Arqueológico. É um museu pequeno mas importante que está dentro de um edifício neoclássico e demonstra uma excelente coleção de achados históricos e artefactos que remontam até ao período neolítico. Este museu tem uma réplica em tamanho real do famoso Vénus de Milos.

Perto da vila Trypiti estão as catacumbas de Milos, alguns dos monumentos mais antigos do cristianismo no mundo. Estas catacumbas estão listadas no top 3 das melhores de todas as 74 encontradas na terra, com as catacumbas de Roma e da Terra Santa. As catacumbas de Milos foram uma vez usadas pelos primeiros cristãos como um local de sepultamento e mais tarde como um local de culto. Três secções com um total de 183 metros que foram descobertas até agora, e duas câmaras principais e uma pequena passagem que está aberta aos visitantes.

 

A cerca de 200 metros de distância das catacumbas está o Antigo Teatro de Milos, um dos achados arqueológicos mais importantes da ilha. O teatro foi originalmente contruído nos tempos helenísticos e mais tarde destruído durante o período romano, depois reconstruído em mármore. Todas as secções que foram escavadas estão incrivelmente bem preservadas, e algumas partes foram cuidadosamente restauradas. Os visitantes podem vaguear livremente pelo teatro e, por vezes, as pessoas locais da ilha usam o espaço para atuações teatrais.

Na cidade portuária principal de Adamas (também conhecida como Adamantas) está o Museu Mineiro, que é dedicado à riqueza geológica e ao património mineiro da ilha. As exibições são muito detalhadas e incluem ferramentas pré-históricas, fotografias, tributos e coleções de rochas e minerais, como alúmen, enxofre, gipsita, barita, mós e melian. Perto da costa da vila de Adamas e dentro da igreja da Santíssima Trindade, é onde o belo e calmo Museu Eclesiástico pode ser encontrado. Este museu é pequeno mas contém muitos tesouros históricos eclesiásticos e explicações do seu significado. Também existe o Adamas World War Two Bunker que consiste numa série de câmaras e túneis longos, assim como instalações de artes emocionantes.

 

Quando se fala em beber e comer, Milos oferece uma excelente variedade de locais onde os visitantes podem comprar um café, um cocktail ou algo para comer, não importa as horas do dia ou da noite. Enquanto o porto de Adamas tem alguns dos melhores cafés, bares e restaurantes da ilha, Pollonia é uma escolha popular entre aqueles que procuram relaxamento e um cenário sossegado. Não esquecendo a baía Provatas e a vila Parasporos, ambos ótimos destinos com muitas tabernas e restaurantes onde servem vinhos requintados e pratos deliciosos que certamente vão satisfazer até o paladar mais exigente.

 

Se quiser visitar esta ilha colorida e inesquecível do Mar Egeu, pode ver todos os nossos cruzeiros para Milos aqui.